Oficinas On-line

Inscrições gratuitas 

21 e 22/10/2020 / 15 às 17h

UM RIO DE MEMÓRIA E GENTE:

Memórias pessoais e ancestralidade

para construção da cena

com Silvestre Ferreira

Dionisos Teatro 

(Joinville/SC)

A Dionisos Teatro vem desde 2004 trabalhando com dramaturgia própria e tendo a memória e as narrativas pessoais como elementos de construção cênica. Aliada à sua experiência com o Teatro Playback (formato teatral de improviso baseado em histórias reais), o diretor Silvestre Ferreira, propõe uma oficina prática, mesmo que em um ambiente virtual, de forma a oferecer exercícios de criação e discussão acerca da relação Teatro e Memória.

 

Carga horária: 4 horas/aula

26, 27 e 28/10/2020 / 19h às 20h30

NO BALANÇO DA PENEIRA

Cantos de Trabalho

com Renata Mattar

(São Paulo/SP)

Nos interiores do Brasil, ainda hoje, podemos encontrar vivos na voz de trabalhadores rurais, os cantos que acompanhavam o ritmo dos trabalhos, diminuindo o esforço da lida e proporcionando momentos de confraternização, alegria e solidariedade.

Renata Mattar vem visitando, desde 1999, pequenas comunidades em busca desses cantos, com o objetivo de registrá-los e divulgá-los em forma de cds e espetáculos, quase sempre com a participação dos próprios trabalhadores.

A ideia da oficina Balanço da Peneira, é compartilhar essas cantigas para que assim não desapareçam, já que a cultura dos cantos de trabalho dificilmente passará para uma nova geração dentro das comunidades.

Serão apresentadas cantigas das casas de farinha, das batas do milho e do feijão, das colheitas de arroz, dos mutirões de roça, de pilar o café, cantos de pisar o chão de barro para finalizar a construção da casa de taipa, da fiação de algodão, entre outras.

Participação Gustavo Finkler no violão

Carga horária: 6 horas/aula

29 e 30/10/2020 / 14h às 15h30

DESVENDANDO A

MUSICALIDADE DA CAPOEIRA

com Contramestre Latino

e Barbara Kristensen (Navegantes/SC)

A oficina "Desvendando a musicalidade da capoeira" aborda uma visão ampla e acessível para todos os públicos sobre o elemento musical nessa arte que tem dança, é jogo, é luta, é música, é ancestralidade. Aprofundar nesse tema é conhecer melhor elementos fundamentais da cultura brasileira, especialmente as culturas de origens africanas, conteúdo obrigatório na educação básica brasileira. Na oficina, será abordada um pouco da história, sua musicalidade, seus instrumentos, toques e formas - antigas e novas - de explorá-la e aprofundá-la. Além disso, também será abordada a figura da cantadora e do cantador de capoeira, sua importância, as entrelinhas do repertório e a improvisação de cantigas, buscando capacitar, de maneira breve e ainda básica, os participantes da oficina.

Carga horária: 3 horas/aula

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now